Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Embaixador Open World Travelers

Faço questão de me tornar embaixador de cada destino que me apaixono. Apesar de ter de confessar que são poucos os locais pelos quais não me apaixonei 🙈
Para me aproximar desses pequenos paraísos, que ficam eternamente gravados na minha memória, conto com a Momondo, um motor de busca fiável e global, que me mostra as viagens mais económicas personalizadas a meu critério, através das várias ferramentas disponíveis para filtrar o que verdadeiramente me interessa.

É com agrado que anuncio que fui elegido embaixador do programa Open World Travelers e portanto, podes esperar novidades à medida que vou dando resposta aos desafios que me forem lançados pela Momondo.
A promessa é dar continuidade ao trabalho desenvolvido até agora, numa perspetiva de conseguir, de alguma forma, inspirar e ajudar mais pessoas a fazer o que eu mais amo e a alcançar novos destinos.
Mensagens recentes

O belo caos do Cairo

Conhecida como uma cidade de contrastes a que 20 milhões de pessoas chamam lar, a capital do Egito surge irreverente, rasgando com a norma e criando um caos delicioso e apelativo. Do outro lado do Nilo, em Gizé, descansam as Grandes Pirâmides, como é possível resistir?

A minha descoberta do Cairo começou em Hurghada, uma estância balnear no Mar Vermelho, o que me obrigou a percorrer mais de 450 quilómetros de autocarro Egito acima. Existe a possibilidade de fazer esta excursão de avião, mas fica substancialmente mais cara.
Para quem parte de Hurghada, a aventura começa de madrugada, às 2:30 da manhã. A NABQ Tours tratou de nos recolher diretamente no nosso hotel, que nos preparou o pequeno-almoço para levar. A viagem é longa porém o autocarro é confortável, dispõe de ar condicionado e WC. (Apesar de eu nunca conseguir dormir em viagens 😓)


O alvoroço começa bem antes da chegada ao centro da capital, com a intensificação do trânsito e das imensas torres de apartamentos em construção q…

Hurghada, o refúgio do Mar Vermelho

Como não amar um destino que combina praias surreais num país com uma das mais ricas heranças culturais do mundo? Hurghada é um paraíso de águas que se apresentam em tons de azul que não sabíamos que existiam e o lar de recifes de coral que só imaginávamos possíveis em aquários. Tudo isto envolto numa hospitalidade como nunca vi em outro país árabe.

Localizada na margem oeste do Mar Vermelho, Hurghada é uma estância balnear com um ponto de partida estratégico para descobrir o Egito, estando a cerca de quatro horas de autocarro de Luxor e a seis do Cairo. Estes tempos são drasticamente reduzidos se optarmos pelo avião. Se, por outro lado, o objetivo passa por acelerar de moto 4 no deserto, mergulhar por entre corais ou apenas relaxar ao sol, não há qualquer problema, a oferta é extremamente diversa.
A parte complicada é chegar lá, sendo que, na época baixa, não existem voos diretos a partir de Portugal, obriga-nos a trajetos com escala a preços, muitas vezes, nada simpáticos. Para a v…

Preciso de visto para o Egito?

Resposta rápida: sim! 
O visto pode ser adquirido à entrada do país, na embaixada do Egito em Lisboa ou de forma eletrónica na página oficial. Na minha opinião, a forma mais conveniente é esta última, que nos permite saltar a fila extra no aeroporto para obtenção do visto, que pode ser crítico em períodos mais turísticos, e também se evitam esquemas existentes para enganar viajantes desinformados.

A obtenção online é relativamente simples, onde temos que responder a algumas questões relacionadas com a nossa profissão, local de estadia e propósito da viagem. É também necessário enviar uma foto do passaporte. O processo demora cerca de 7 dias, pelo que recomendo que a candidatura seja feita com, pelo menos, um mês de antecedência.
O custo do visto é de 25$, cerca de 22€. À chegada no aeroporto cobram 25£, ficando um pouco mais caro.
O visto é válido para uma entrada no país e dura apenas para as datas de viagem especificadas na candidatura. Existe a opção de adquirir um visto eletrónic…

Membro orgulhoso da ABVP

É com entusiasmo que anunciamos que o Instruções para Viajar é agora membro da Associação de Bloggers de Viagem Portugueses. Este grande passo vem afirmar o nosso compromisso em vos entregar informação de qualidade, assente em experiências de viagem reais e conteúdo produzido por nós em bom português.

Os associados desta entidade são regidos por um Código de Ética, com o objetivo de garantir a transparência total para com os leitores. Para saberes mais sobre o que significa esta certificação, visita a página da ABVP ou clica na imagem acima.
Para além disso, este projeto pioneiro em Portugal, poderá abrir-nos algumas portas, assim como ligar-nos à comunidade de bloggers de viagem portugueses de uma forma sem precedentes.
Queremos agradecer por continuares connosco nesta jornada recheada de novidades incríveis pela frente! Boas viagens ;)

Samaná, o caribe da natureza

Quando pensamos em Caraíbas, muito provavelmente não será Samaná o primeiro nome que nos ocorre, e ainda bem. Apesar de estar a ganhar cada vez mais fãs, esta pequena península no norte da República Dominicana é ainda um pequeno tesouro escondido, recheado de recantos naturais para descobrir e paisagens deslumbrantes!

O primeiro grande trunfo surge logo a escassos metros do resort, são quilómetros e quilómetros de praias praticamente desertas! Sem zonas concessionadas por hotéis apetrechadas de espreguiçadeiras, as palmeiras vingam pela orla costeira, inclinando para a água quentinha e para a areia fina que toca os nossos pés. Este cenário quase exige uma caminhada diária pelo pôr-do-sol, que transforma o céu  num verdadeiro espetáculo de cor.

Ficamos hospedados na zona de Las Terrenas, onde milhares de peixes tropicais encontram casa nos inúmeros recifes de coral que pontilham o mar. É um local perfeito para os amantes de snorkeling, mergulho ou outras atividades ligadas à agua, com…

Samaná: um paraíso de selva e mar

Para quem procura aproveitar as águas quentes e transparentes das Caraíbas mas não está interessado em muita confusão, a pequena península de Samaná é uma excelente alternativa. Falámos de uma pequena província na República Dominicana, um pedacinho de terra tocado por algo muito sagrado, no meio de quase nada e ainda pouco conhecido pelo comum turista. 
A receita para o destino perfeito é uma mistura entre praias paradisíacas, praticamente desertas e selva. Se és o tipo de pessoa que não gosta de ficar só dentro do resort a apanhar sol na piscina ou praia, então este é o destino perfeito para ti, recheado de atividades em comunhão com a natureza luxuriante.

Inicialmente, o plano era um destino como Punta cana, Varadero ou Riviera Maia mas, assim que descobrimos Samaná, não havia mais a pensar. Atenção a quem não gosta de chuva. Samaná, como quase toda a América central, tem um clima tropical marítimo quente e húmido, que faz com que chova pelo menos duas vezes por dia. Chove muito du…